Dente-de-leão:

a força do frágil