E tudo mudou.... - Luís Fernando Veríssimo