quinta, 27 de abril de 2017

Sempre que te olho preenches-me o coração


Amo-te, sei disso mesmo,

que com todas as forças que tenho,

e mais as que não tenho,

e julgo ter aquelas que não me têm,

faz parte do amor,

um estado onde, ao imaginar-mo-nos, pretendo ter comigo,

ter-te comigo,

ser contigo,

eu, e tu,

nós os dois,

num eterno abraço,

e numa sincera palavra,

onde um olhar teu será, por vezes, um lugar onde me percebo, e no meu olhar, um lugar onde te percebo,

onde nos construímos,

e onde planeio, e planeias, e planeamos em conjunto,

uma casa nossa,

um lugar nosso, dentro de nossos corações,

de dentro para fora, e de fora para dentro,

num beijo de amo-te,

neste momento que te escrevo,

neste, como tantos outros,

onde pude não ser perfeito e mostrar-me, ser contigo, numa imperfeição tornada perfeita,

aos poucos, o lugar onde nos temos,

onde te amo,

onde te quero,

te desejo,

te abraço,

e te olho...

 

Meu amor.


Artigos semelhantes TODOS POSTS
Praesent lectus orci

Amar photo

  Eu sou um leãoUma serpenteVoo falcãoInocente Sou a tempestadeRaio de luarFim de tarde Amar Ha tempos fui menos(um louco)Amei pouco- o [...]
Comentários