Sei do amar (I)

Postado por Joao Almeida em 23/01/2018 10:47:16

Sei do amar,

Palavra cara que se torna presente quando assim conheço e reconheço o que foi odiar,

Sei do amar,

Enquanto canal que liga duas mentes e corpos, que se tornam perdiveis na sua existência,

Sei do amar,

Quando me lembro que guardado no meu coração, conheço e reconheço momentos em que não o fiz,

Sei do amar,

Quando utilizamos as melhores formas de compreender o que sentimos, o que o outro sente, e como se sente a relação,

Sei do amar,

Quando de facto, amo o outro por aquilo que ele é, e não por aquilo que eu idealizo que ele seja,

Sei do amar,

Quando amo no outro aquilo que o outro é, e não aquilo que eu gostava que ele fosse,

Sei do amar,

Quando amo no outro aquilo que o outro é, não aquilo que eu sou no outro que eu digo amar,

Sei do amar,

Quando me perco do amar, e me deixo levar pelo momento em que o demonstro e falo sobre o amor,

Sei do amar,

Quando reconheço que por vezes o amor é filho da puta comnsigo mesmo, 

Sei do amar,

Quando dói a transformação e a mudança de algo, em outro algo,

Sei do amar,

 

Com tudo quanto se lhe comporta amar.

 

MARCADORES:

Amor Amar Mudança Dor