quinta, 27 de abril de 2017

"Tudo o que dói sara"


Há músicas que nos entram e nos doem.

Músicas sem nomes.

Sem tempo.

Mas que fazem sentido algures no nosso ser.

Confortam-nos com a sua compreensão surda.

Ressoam numa memória ida ou por vir.

Acordes que acordam algo.

Palavras que correm perdidas pelo rosto.

Tentamos à força dar-lhes um motivo, um propósito, mas em vão.

Sente-se-lhes. E mais nada.

 

De qualquer forma, "tudo o que dói sara".

 

 

 


Artigos semelhantes TODOS POSTS
Praesent lectus orci

O pensamento a deriva e seus riscos photo

O que você anda pensando? Você já parou para reparar quantas loucuras passam por nossa cabeça sem mesmo percebermos. Pois bem, ai está uma grande [...]
Praesent lectus orci

Conserto para uma alma só photo

Tudo está bemApenasa ilusão pode ver o contrárioE acreditar na dor da fatalidadeApenasa imaginação do usuárioQue não respeita a [...]
Comentários