Ei, menina!

Tenho umas coisas pra te contar

Postado por Luíza Maira Silva em 20/09/2017 12:01:11

Ei, menina!

Respira. 

Eu sei que os dias não são fáceis e que o mundo não está pronto para o seu fulgor.

Mas tente.

Respira.

Agora talvez você não consiga enxergar a imensidão da luz da sua luta.

Mas está aqui, escapando pelo seu olhar já tão cansado do hoje.

Ninguém pode apagar a luz da sua luta.

Veja: as flores que nos negam são as mesmas que florescem em nosso ventre. Não nos pode ser negado.

 Não acredite na fragilidade que nos pregam.

 Somos força.

 Mulher, não chore.

 Ou chore! Faça o que sentir vontade! A liberdade mora nos detalhes.

 Se há quem saiba como é caminhar com os Deuses, somos nós, mulheres.

 Às nossas filhas pediremos perdão pelo mundo ainda não entender a luz da nossa luta. Mas lhes ensinaremos a lutar como uma "garota".

 Lhes daremos as flores que nos foram negadas.

 Lhes contaremos da força que mora em nossas entranhas.

 Lhes mostraremos que lágrima não é fraqueza.

 Lágrima é, por vezes, alívio.

 Lhes daremos as chaves do mundo, como jamais nos foi dado.

 Então, menina, respira. 

 Os dias não são fáceis, eu sei. 

 Mas resista.

 "Você é seu próprio lar".

  

 

MARCADORES:

Sororidade mulher menina amor-próprio auto-estima